Ir para o conteúdo

Câmara Municipal de Matão e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Câmara Municipal de Matão
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
AGO
05
05 AGO 2021
Câmara participa da Campanha Agosto Dourado
Fachada da Câmara Municipal de Matão permanecerá iluminada até o dia 15 deste mês
Em apoio à Semana Mundial da Amamentação e ao Mês do Aleitamento Materno, a fachada do prédio do legislativo matonense ficará iluminada com a cor dourada durante a 1ª quinzena do mês, para chamar a atenção da população sobre a importância dessa medida e incentivar mulheres a amamentar.
 
O Agosto Dourado simboliza a luta pelo incentivo à amamentação – a cor dourada está relacionada ao padrão ouro de qualidade do leite materno. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), por ano, cerca de seis milhões de vidas são salvas por causa do aumento das taxas de amamentação exclusiva até o sexto mês de idade.
 
Segundo o Ministério da Saúde, o Brasil possui 222 bancos de leite humano e 219 postos de coleta. Em 2020, cerca de 181 mil mulheres doaram mais de 226 mil litros de leite materno. Neste ano, até junho, foram doados 111,4 mil litros. O leite materno é a melhor fonte de nutrição para bebês e a forma de proteção mais econômica e eficiente para diminuir as taxas de mortalidade infantil, sendo capaz de reduzir em até 13% os índices de mortes de crianças menores de cinco anos. O aleitamento materno protege a criança de doenças como diarreia, infecções respiratórias e alergias, além de evitar o risco de desenvolver hipertensão, colesterol alto, diabetes e obesidade na vida adulta.
 
O Ministério da Saúde recomenda a amamentação até os 2 anos de idade ou mais e, de forma exclusiva, nos seis primeiros meses de vida, mesmo nas mães que tiveram casos confirmados de Covid-19.
 
A presidente da Câmara destaca que participar de uma campanha como esta é de fundamental importância e quanto maior for a divulgação, maior será a possibilidade de alcançar o objetivo pelo impacto que causa de forma coletiva. “O aleitamento materno é uma questão de saúde pública e também um direito humano que precisa ser respeitado e protegido. Por se tratar de uma campanha mundial, que tem como objetivo estimular as ações relacionadas ao tema, é preciso a mobilização de toda a sociedade para incentivar e garantir o direito à amamentação”, reforçou Ana Mondini.
 
 
Seta
Versão do Sistema: 3.1.3 - 03/09/2021
Copyright Instar - 2006-2021. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia