Ir para o conteúdo

Câmara Municipal de Matão e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Siga-nos
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
NOV
27
27 NOV 2023
Semana da Diversidade Religiosa é incluída no calendário oficial de Matão
enviar para um amigo
receba notícias
Comemoração será realizada, anualmente, no mês de janeiro
A Câmara Municipal de Matão aprovou em primeira votação, por unanimidade, na sessão ordinária desta semana, o Projeto de Lei nº 208/2023, que inclui a “Semana da Diversidade Religiosa” no calendário oficial de eventos do município. A comemoração será realizada, anualmente, na semana que compreende o dia 21 de janeiro, convindo com o Dia Mundial das Religiões e Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa.

A proposta, apresentada pelo vereador Robinho Ramos, visa a realização de reuniões, feiras, seminários, palestras, oficinas e celebrações, com a participação de diversas instituições religiosas no âmbito do município, com o objetivo de estimular diálogos inter-religiosos.

“Apesar de existir diversos dispositivos constitucionais e até mesmo penais que assegurem o direito à liberdade religiosa, a ocorrência de casos de intolerância são uma realidade crescente no país. É nosso dever trabalhar sempre em prol de uma sociedade, justa, igualitária e tolerante, com o intuito, em especial nessa questão, de construir espaços inclusivos para todos que desejam professar a sua fé”, afirmou o vereador em sua justificativa.

“Não podemos deixar de considerar que o conhecimento é algo transformador e libertador, que por vezes muitos acabam por agir com intolerância por falta deste. Desse modo, promover uma semana dedicada à diversidade religiosa contribuirá para a construção de uma sociedade que, a partir do acesso ao conhecimento pedagógico-social e as diversas culturas religiosas existentes, seja em sua pluralidade de ritos, práticas, cultos, espiritualidade, crença, culinária, ritmos, cores, natureza e pessoas, se fará mais inclusiva e tolerante no que tange à religiosidade”, completou Robinho.