Ir para o conteúdo

Câmara Municipal de Matão e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Câmara Municipal de Matão
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
DEZ
01
01 DEZ 2023
Diretor da Guarda Civil Municipal recebe Título de Cidadão Matonense
enviar para um amigo
receba notícias
Wanderley Rinco recebeu honraria indicada pelo vereador Dr. Luiz Pelanca
A Câmara Municipal concedeu o Ttítulo de Cidadão Matonense ao Diretor da Guarda Civil Municipal de Matão, Wanderley Rinco, em sessão solene realizada na noite da última sexta-feira (24), no plenário do legislativo. A homenagem é de autoria do vereador Dr. Luiz Pelanca e foi aprovada por unanimidade pelos demais parlamentares.

A sessão foi conduzida pelo presidente da Câmara, vereador China Calabres, que compôs a mesa de autoridades junto com o prefeito municipal Aparecido Ferrari; vereador Dr. Luiz Pelanca e sua esposa Meiri Luci Vieira Fernandes; além do homenageado Wanderley Rinco e suas filhas Adauany Rinco e Awdry Rinco.

“Esse título de cidadania é mais do que merecido a quem ajudou a administrar a cidade de Matão. Companheiro fiel e dedicado por mais de 20 anos ao nosso saudoso líder político Adauto Scardoelli. Hoje nós apenas oficializamos o que você já é de longa data, um cidadão matonense”, afirmou o vereador Dr. Luiz Pelanca.

O prefeito Cido Ferrari agradeceu pelo apoio e força dispensados pelo homenageado, principalmente em momentos de dificuldade. “Em um momento muito difícil, quando perdemos nosso companheiro Adalto, o Wanderley demonstrou ser um grande parceiro, prestativo, com um coração grande, sempre disposto a ajudar. Parabéns por esse título merecido”, destacou.

Em seu discurso de agradecimento, Wanderley se mostrou honrado e grato pelo reconhecimento. “Esse título é muito importante pra mim. Eu escolhi viver em Matão e se eu tivesse a oportunidade de escolher viver outra vida, novamente escolheria trabalhar junto com o Adalto, foram 27 anos de muito aprendizado. Muito obrigado Dr. Pelanca pela indicação e a todos meus amigos e familiares pela presença hoje”, completou o homenageado.  

Prestigiando a sessão, compuseram a extensão da mesa os vereadores Robinho Ramos e Haroldo gago; os ex-vereadores José Amarante e Aparecido do Carmo de Souza (Cidinho), representando o deputado federal Arlindo Chinaglia e a Conselheira Tutelar, Ana Ignácio. Ainda estiveram presentes a assessora Shirley Leão, representando a deputada estadual Marcia Lia, Agnaldo Amaral, representando o deputado estadual Luiz Claudio Marcolino.

Trajetória
Wanderley Rinco nasceu na capital paulista, na região da Vila Prudente, aos 24 de novembro de 1966. Filho de Cândido Rinco Neto e Marlene Galoni Rinco.

Aos oito anos de idade foi criado pelo pai e os irmãos Sandra, Wagner, do qual é irmão gêmeo, Silvana e Sindi.

O pai, “sêo” Candinho, como passou a ser conhecido, em viagem a passeio em Matão, participava das festividades de inauguração da caixa d’água de São Lourenço do Turvo, quando foi acometido de fulminante ataque apoplético, falecendo nas terras que o amado filho Wanderley escolhera para morar.

Wanderley Rinco trabalhou em metalurgia, no extinto Banco Bamerindus e, mais adiante, em empresa distribuidora de vinhos finos.

Mercê dos arranjos e rearranjos do implacável destino, a empresa onde trabalhava em São Paulo abriu falência e, sem condição de pagá-lo em pecúnia, Wanderley recebeu um caminhão como indenização.

E prontamente, Wanderley vislumbrou Matão como o lugar ideal para dar destinação útil e rentável ao caminhão que acabara de receber de indenização, e, sem pestanejar, decidiu rumar para a Terra da Saudade com o intuito de trabalhar na safra agrícola.

Certamente, não por acaso - e, mais uma vez, também aqui o destino falou mais alto! -, quando deu por conta, Wanderley começava a aproximar-se do saudoso Prefeito Adauto.

Aportando em Matão, a família Rinco foi morar vizinha à sogra do líder partidário Dr. Sebastião de Deus Moreira, o Tiãozinho, estabelecendo ali o embrião de uma sólida amizade que mais adiante se estenderia por inúmeras outras lideranças do Partido dos Trabalhadores.

Lançada a primeira candidatura de Adauto em 1996, Tiãozinho propôs ao nosso homenageado o aluguel do caminhão para servir de palanque na campanha do Partido dos Trabalhadores, pedido ao qual Wanderley prontamente concordou (eis ele aí outra vez, o imponderável destino, a interferir de forma irremediável e decisiva na vida do nosso homenageado!).

Motorista do palanque na campanha eleitoral de 1996, a inesperada vitória do candidato do Partido dos Trabalhadores, permitiu que Wanderley passasse à assessoria pessoal do prefeito Adauto, e como todos sabem, as andanças do Adauto por toda Matão absorviam Wanderley mais de trinta e seis horas por dia… e ele, invariavelmente sempre ele, nosso homenageado Wanderley, era a companhia constante, diuturna e incansável do nosso saudoso peregrino da política Adauto Scardoelli!

Wanderley foi diretor da extinta CAEMA, posteriormente diretor dos Transportes e atualmente é diretor da Guarda Civil Municipal, respeitado e querido de seus pares, responsáveis pela segurança de nossos próprios públicos.

Wanderley foi casado com a Dra. Alessandra Alves, militante ativa na advocacia de nossa Comarca, e deste conúbio nasceram as filhas Adauany e Awdry, que o abençoou com o neto Pietro!
 
Seta
Versão do Sistema: 3.4.0 - 05/02/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia