Ir para o conteúdo

Câmara Municipal de Matão
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
FEV
05
05 FEV 2021
Vereadores solicitam Parecer do Executivo sobre possível início do ano letivo de 2021
Diante da atual situação da Rede Pública e Privada da Saúde do município, os vereadores manifestaram sua preocupação com o possível retorno das aulas presenciais em nossa cidade.

A Câmara Municipal de Matão manifestou ao Executivo Municipal, através de um oficio de autoria da presidente da Casa, vereadora Ana Mondini, e do vereador Paulo Bernardi, a preocupação com o possível início do ano letivo de 2021 nas redes públicas municipal e estadual de ensino na cidade de Matão, diante da atual situação de pandemia do novo coronavírus.

O documento elaborado pelos parlamentares destaca o fato de estarmos vivendo o ápice da pandemia da COVID 19, onde no dia 02 de fevereiro o Hospital Carlos Fernando Malzoni atingiu o recorde de 33 pacientes internados, com a UTI lotada em mais de 100% e restando poucos leitos de enfermaria. Os vereadores também abordaram a questão de que, não só a cidade de Matão, mas toda a região está sendo atingida com a chamada segunda onda da pandemia, com números bem piores do que aqueles registrados em julho e agosto de 2020.

Os parlamentares também chamam a atenção do Executivo para o fato de que os próprios documentos que tratam do programa de retorno às aulas, emitidos pelo Governo do Estado de São Paulo, indicam a preocupação com a capacidade de resposta do sistema de saúde no estado, quando diz que o plano de retomada leva em conta o monitoramento dos indicadores epidemiológicos de evolução da pandemia e de capacidade de resposta do sistema de saúde no Estado de São Paulo, a análise de estudos científicos publicados recentemente sobre a incidência de Covid-19 em crianças e adolescentes, seu papel na transmissão, o impacto da reabertura de escolas na transmissão do Coronavírus (SARS-CoV2) e os riscos gerados pelo fechamento das escolas, assim como o acompanhamento das estratégias adotadas em outros países. Por outro lado, estes mesmos documentos também permitem aos prefeitos, baseados em argumentos do Departamento de Vigilância Sanitária e Epidemiológica, desautorizar a retomada das aulas presenciais.

Diante destes fatos, os vereadores solicitaram ao Executivo Municipal que, considerando a existência de um Comitê de Coronavírus na cidade, além das Secretarias da Saúde e da Educação, encaminhe o documento do Legislativo Matonense com a máxima urgência a estes órgãos para que emitam um parecer conclusivo, baseado em critérios técnicos, em relação ao retorno das aulas presenciais no Município de Matão.

Cientes da atual situação da Rede Pública e Privada da Saúde do município, os vereadores manifestaram sua preocupação com o possível retorno das aulas presenciais em nossa cidade, já que uma decisão tão importante como esta exige fundamentação com dados técnicos para que não incorram em erros futuros que possam comprometer a saúde tanto de profissionais da educação quanto de nossas crianças e adolescentes. “É um momento de grande desafio a todos nós e acreditamos que nosso Executivo deve contar com todo o parecer técnico possível para uma tomada de decisão assertiva”, destacou a vereadora e presidente da Câmara.

Seta
Versão do Sistema: 2.10.3 - 01/03/2021
Copyright Instar - 2006-2021. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia